VENDENDO JESUS CRISTO!

Tempo de leitura: 4 minutos

VENDENDO JESUS

VENDENDO JESUS é uma constatação pessoal do quanto estão brincando com o nome de Jesus Cristo. Há um mandamento, quando Deus conversou com Moisés, que pede para não usar o nome de DEUS em vão.
Eis o homem!
Querem transformá-lo em produto comercial

Faço um desafio aos maiores vendedores do mundo!

Duvido que você tenha um produto que dê tanto retorno financeiro, lucros exorbitantes, autoridade com reputação 100% positiva, recorrência diária, resultados sempre no azul e, o que é mais importante, sem precisar gastar um centavo na sua elaboração.

Falo na transformação de Jesus Cristo em simples mercadoria.

Não há droga, produto físico ou digital, atividade criminosa, cargo político ou mesmo aplicação do famoso “171” que dá tanto dinheiro em tão pouco tempo!

Basta ligar a televisão comercial todos os dias para notar que os horários nobres estão nas mãos de pastores que se transformaram em marqueteiros da imagem de Jesus Cristo. Qualquer  seita religiosa quer ter o seu próprio canal, e penso que a televisão comercial poderá estar com seus dias contados.

Muito breve você vai pegar aquele aparelhinho que faz com que você não pratique mais o TBC – tirar a bunda da cadeira-, e ficará clicando um numero atrás do outro e só aparecerá o rosto de pastores, padres, “gurus” e outros curiosos vendendo o produto chamado Jesus Cristo.

É impressionante a capacidade de gerar tanta riqueza, construir verdadeiros impérios aqui na terra, dessa pessoa que não tinha sequer um pardal para dar de comer diariamente, ou uma cova para o enterrarem quando morreu.

Tem um sujeito que se dizia muito pobre, começou timidamente a oferecer o produto, depois se entusiasmou a tal ponto de formar escolas que ensinavam na prática a como ganhar dinheiro, e construiu o maior templo no Brasil, tem  uma casa cinematográfica, canais de televisão e uma plateia de milhões de seguidores dispostos a praticamente tudo por ele.

Um outro gaba-se diariamente que veio da roça – um verdadeiro “pé vermeio”, e atualmente dedica a maior parte de seu tempo a usar esse produto para realizar milagres, constrói igrejas para dezenas de milhares de pessoas, e materializa o produto Jesus Cristo em forma de lenço, chaveirinhos, travesseiro etc…

FICOU SEM PERSPECTIVA? VENDA JESUS!

Pastor sem nunca ter entrado numa escola bíblica

Não vou longe não! Cito um sujeito, conhecido, que fazia parte do meu relacionamento, não muito chegado a uma atividade chamada de “trabaio”. De repente, pergunto por ele à sua filha, e a resposta foi de tirar “pica pau do toco”: “Ele é pastor, fundou uma igreja”!

Na cidade em que vivo, tem um cidadão metido a ser empresário. Fechou alguns negócios por conta de gestão equivocada. Deixou para trás alguns rastros, inclusive de inimizades com pessoas muito próximas a ele. Certa feita, conversando com um desses que havia caído no “golpe do empresário relâmpago”, perguntei pela figura. A resposta: “Ele agora é pastor, tem uma igreja em determinado local, e passou o endereço”.

Se ficar citando casos próximos, o artigo terá no mínimo umas trezentas e quarenta e sete páginas.

Se Esse Deus que estou conhecendo melhor agora – após 68 anos de idade iniciei a leitura da Bíblia desde sua página número um-, e no antigo testamento fez toda aquela série de justiça a Faraó, for implacável como demonstrado no Livro Sagrado, fico a imaginar onde esses vendilhões do nome de seu amado e querido filho Jesus Cristo passarão a eternidade.

 

 

Judas conseguiu apenas 30 moedas, os judas de hoje ficaram bilionários!

Fiquei com dó daquele empresário rico que não deixava Lázaro comer as migalhas que caiam da sua mesa, e por isso clamo ao Espirito Santo que derrame sobre eles o divino perdão, a fim que doem aos seus seguidores, ainda em vida, todo o império materialista que formaram, para que eles tenham uma vida que se possa chamar de digna aqui na terra.

Ainda dá tempo, prezado cara pálida…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *